Projecto “Sim eu posso”

O que é?

O Projecto sim eu posso parte de uma visão da Alfabetização desde a dinâmica da Extensão Universitária, tendando dar resposta às necessidades objectivas que tem a diminuição do analfabetismo em Bengo ao introduzir no processo de ensino aprendizagem da Escola Pedagógica do Bengo, ferramentas de natureza Didáctico Pedagógicas de acção comunitária, perspectivando a prática profissional e enriquecendo a formação académica, para viabilizar sua intervenção escolar na sociedade.

Propõem-se introduzir aos estudantes no campo de actuação profissional para integração e conhecimento da realidade social e do futuro trabalho escolar, integrado na área de investigação das Ciências da Educação

O projecto contempla uma linha temática de extensão universitária (Alfabetização, leitura e escrita) e outra de investigação científica, o qual tem uma duração de 12 meses.

Geral

Geral

  • Redinamizar o processo de alfabetização por forma de introduzir mecanismos de intervenção socioeducativos no processo de ensino aprendizagem na Escola Pedagógica do Bengo, susceptíveis de provocar mudanças e transformações sociais;

Específicos

  • Traçar estratégias a partir dos resultados do diagnóstico científico a curto e longe prazo;
  • Permitir maior envolvimento e responsabilização institucional da Escola Pedagógica do Bengo nos processos de alfabetização dos parceiros sociais;
  • Contribuir para a promoção e formação de valores éticos, morais e cívicos;
  • Promover espaços de publicação científica, assim como promoção de experiências investigativas, mediante eventos, seminários, simpósios científicos, mesas redondas, no que se integrem todos os agentes socializadores;
  • Constituir actividades de extenção investigação conducentes à realização de artigos científicos e de trabalhos de fim de curso;
  • Garantir maior habilidades competitivas desde o ponto de vista didáticas, metodológicas aos estudantes em formação ao apertrechá-los de ferramentas científicas de Investigação para diagnosticar o estado real da situação que presenta el município de Dande em matéria de analfabetismo, para estabelecer estratégias objectivas e contextuais.

Metas

  1. Desencadear uma Campanha de divulgação da Alfabetização que sensibilize a todos os agentes socializadores;
  2. Introduzir mecanismos de intervenção socioeducativas susceptíveis para provocar mudanças e transformações sociais;
  3. Implementação de estratégias a partir dos resultados do diagnóstico científico a curto e longe prazo;
  4. Alcançar um maior envolvimento e responsabilização institucional da Escola Pedagógica do Bengo nos processos de alfabetização dos parceiros sociais;
  5. Promoção e formação de valores éticos, morais e cívicos;
  6. Promover espaços de publicação científica, assim como promoção de experiências investigativas;
  7. Realização de artigos científicos e de trabalhos de fim de curso;
  8. Garantir maior habilidades competitivas desde o ponto de vista didáticas, metodológicas aos estudantes em formação;
  9. Ampliar seu horizonte profissional pedagógico e didático na Educação de Jovens e Adultos;
  10. Capacitar em processos de Alfabetização aos estudantes em formação de 3º e 4º ano em condições de apetrechar aos estudantes de ferramentas científicas da Metodologia da Investigação para diagnosticar o estado real da situação que presenta el município de Dande em matéria de analfabetismo, para estabelecer estratégias de carácter objectiva e contextual.

Acções realizadas

  1. Organização de um sistema de capacitação dos supervisores e facilitadores a nível provincial e municipal.
  2. Garantia de assistência aos facilitadores e supervisores à capacitação sistemática a desenvolver-se em cada 15 dias, para fazer a visualização das aulas e a avaliação da aprendizagem, assistência e retenção dos alfabetizandos.

Coordenadora do projecto
Milagros Satialongo
Coordenador adjunto
Ilídio