Prezados,

 

É com imenso prazer que lhe damos as boas-vindas à nossa página que espelha, de forma sintéctica, as diferentes actividades da Escola Superior Pedagógica do Bengo (ESP-Bengo), sustentadas na inter-relação dialéctica dos quatros eixos fundamentais de toda universidade moderna: o ensino, investigação, extensão e gestão.


A missão e visão da ESP-Bengo, decorrentes das atribuições do seu Estatuto Orgânico, em conjugação com os valores que se preconizam como a responsabilidade social, o humanismo, participação  activa, a democracia, solidariedade, excelência, aprendizagem para a vida, racionalidade, cidadania, autonomia, a criatividade e inovação, entre outros, têm catapultado a  nossa instituição no diagnóstico e solução das diferentes situações problemáticas que enfermam o contexto no qual se encontra, com incidência a nível nacional e internacional.


No rodapé estão disponíveis os contactos de todas as áreas da instituição para o envio de qualquer observação para esclarecimentos ou sugestões que permitam a melhoria da página e dos serviços de forma geral.


Sinceramente, 

Director Geral da Escola Superior Pedagógica do Bengo
Isaías D. Simão, Ph.D.

 

A Escola Superior Pedagógica do Bengo possui desde 26 de Janeiro de 2022 um novo Estatuto Orgânico.

O Novo Estatuto, consta do Decreto Presidencial n.º 21/22 de 26 de Janeiro.

 

Dentre as novidades do documentos, temos uma nova estrutura orgânica que prevê a existência de um Centro de Investigação Científica, além de outros novos departamentos e ainda prevê a criação de cursos de Mestrado e de Doutoramento, que deverão ser criados conforme normas dos documentos que regem a criação dos mesmos.

 

O novo Estatuto também prevê a realização dos novos órgão de governo da instituição, que agora ganhará um Conselho Geral, que actuará como órgão colegial máximo de governo da ESPB, com membros eleitos entre as diferentes categorias existentes na instituição (professores, trabalhadores não-docentes e estudantes) da comunidade.

 

O novo Estatuto funcionará como um impulsionador das transformação que virão para a Escola Superior Pedagógica do Bengo, que já se prepara para abrir os seus 1ºs cursos de Espacialização.

Notícias ESPBengo